Otan será vencida e não poderá mudar nada na Líbia, diz Kadafi

Bombardeios das forças de líder líbio deixam ao menos dez mortos e 40 feridos em Misrata, terceira maior cidade do país

iG São Paulo |

Em uma gravação de áudio divulgada pela TV estatal, o líder líbio, Muamar Kadafi, advertiu nesta sexta-feira que a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) será vencida e não poderá fazer nada para mudar seu regime na Líbia.

AP
Manifestante líbio grita slogans contrários ao líder Muamar Kadadi durante protestos em Misrata
"Não queremos reconciliação nem diálogo. Estamos em nosso país e insistiremos em ficar aqui até a morte. Eles serão vencidos. A Otan será forçosamente vencida", afirmou o coronel. "Estamos decididos a não mudar nada em nosso país se não for por vontade própria e longe dos aviões da Aliança", afirmou.

Kadafi pediu aos líbios que se preparem para libertar seu país. "Preparem-se, homens e mulhers, para libertar toda a Líbia. Em um tom de voz elevado, o líder líbio disse que os que abandonam o regime "são tão covardes quanto os que usam armas" contra ele, em referência aos rebeldes líbios.

Kadafi ressaltou que suas forças resistirão e combaterão e advertiu que, se os aliados utilizarem tropas terrestres, serão enfrentados, embora tenha dito que eles "não se atreverão porque são covardes".

Os aviões da Otan voltaram a atacar a capital do país, Trípoli, nesta sexta-feira, especificamente um bairro do sul da cidade, e também uma região perto de Kikla, a cerca de 150 quilômetros da capital.

Ataque a Misrata

Bombardeios das forças de Kadafi sobre a cidade de Misrata, no oeste do país e em poder dos rebeldes, deixaram dez mortos e 40 feridos nesta sexta-feira, anunciaram fontes dos rebeldes líbios.

Segundo Ahmed Hassan, todas as vítimas eram civis que foram atingidos por foguetes do tipo Grad 45 quilômetros ao oeste da cidade. Um vítima era uma mulher, que foi encontrada nos escombros da própria casa.

Hassan afirmou que Misrata - a terceira maior cidade da Líbia - é alvo dos bombardeios quase diários das forças de Kadafi e que, nesta sexta-feira, não aconteceu nenhum ataque da aviação da Otan.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: líbiakadafimundo árabetrípolieuaonuotan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG