Prédios atingidos pelos bombardeios ficam próximos à residência-quartel de Kadafi

Bombeiros e equipes trabalham para apagar as chamas em prédios de Al Juhuriya, na capital Trípoli
AFP
Bombeiros e equipes trabalham para apagar as chamas em prédios de Al Juhuriya, na capital Trípoli

Um prédio dos serviços de Segurança Interna e a sede do ministério de Inspeção e Controle Popular, órgão de combate à corrupção na Líbia, foram destruídos na madrugada desta terça-feira em um bombardeio da Otan a Trípoli.

Os dois prédios estão situados em Al Jumhuriya, barrio residencial e administrativo do centro da capital líbia, próximo à residência-quartel do coronel Muamar Kadafi.

Por volta das 3h do horário local (22h de Brasília), os bombeiros lutavam contra as chamas que destruíam os dois prédios, situados um diante do outro na avenida Al Jumhuriya.

A ministra de Inspeção e Controle Popular revelou que o ataque deixou feridos entre os funcionários do ministério, mas não informou números. A aviação da Otan bombardeou Trípoli em duas ocasiões nas últimas horas, à 1h30 local (20h30 Brasília de segunda), e às 20h (15h de Brasília).

A Otan assumiu no final de março o comando da coalizão internacional encarregada pelas Nações Unidas de acabar com os ataques do regime líbio aos civis que exigem a saída do coronel Kadafi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.