Obama analisa com Ban Ki-moon novas sanções contra regime líbio

Presidente americano recebe o secretário-geral da ONU nesta segunda-feira

EFE |

Washington - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, recebe nesta segunda-feira na Casa Branca o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, com quem abordará a imposição de sanções multilaterais contra o regime líbio.

A reunião chega após um intenso fim de semana no qual tanto o Governo americano como o Conselho de Segurança (CS) das Nações Unidas anunciaram sanções contra o Governo de Muamar Kadafi, a quem Obama instou no sábado a abandonar o país imediatamente.

O presidente americano assinou na sexta-feira um decreto para congelar os ativos do líder líbio e de sua família, um primeiro passo que a secretária de Estado Hillary Clinton seguiu horas depois com a aprovação de uma ordem para revogar os vistos de entrada ao país dos funcionários do Governo líbio e de seus familiares.

O Conselho de Segurança concluiu na madrugada do domingo uma longa reunião dedicada à Líbia com um voto unânime para impor ao regime e a seu entorno sanções como o bloqueio de todos seus bens no exterior, a proibição de viajar ou o embargo de armas. Obama e Ban debaterão agora quais devem ser os seguintes passos para bloquear o passo de Kadafi, e o líder americano, em particular, deverá decidir se escuta propostas como a do senador John McCain, que lhe pediu no domingo do Cairo para declarar a Líbia zona de exclusão aérea e a considerar empreender ações militares.

    Leia tudo sobre: líbiaobamaonusançõesrevoltamundo árabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG