Mubarak está deprimido e rejeita comida, dizem médicos

De acordo com autoridades de hospital onde ex-presidente egípcio está internado, órgãos vitais de ex-líder estão instáveis

iG São Paulo |

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak está rejeitando comida e só ingere líquidos, informaram nesta terça-feira os médicos que o atendem no Hospital Internacional de Sharm el-Sheikh.

AFP
Foto sem data mostra Mubarak, a mulher Suzanne e os filhos Gamal (D) e Alaa (E)
De acordo com médicos do hospital, Mubarak apresenta "estado agudo de fraqueza". Em declarações divulgadas pela agência de notícias estatal Mena, o diretor do hospital Mohammed Fathala explicou que Mubarak está fraco, deprimido, se abstém de ingerir alimentos sólidos e só admite líquidos, o que fez com que perdesse muito peso.

Segundo o subdiretor do hospital Azem Azam, uma equipe médica realizou um detalhado exame para avaliar o estado de saúde de Mubarak e constatou que seus órgãos vitais estão "semiestáveis". Mubarak sofre "forte depressão, por isso não tem vontade de ingerir alimentos", acrescentou o médico

O ex-líder egípcio, de 83 anos, está internado hospital desde o dia 12 de abril, quando sofreu um ataque cardíaco durante um interrogatório judicial. Mubarak, que deixou a presidência no dia 11 de fevereiro, despois de quase 30 anos no poder, está em prisão preventiva desde 13 de abril.

A previsão é que o julgamento contra o ex-líder egípcio comece no dia 3 de agosto. Tanto Mubarak como seus dois filhos, Alaa e Gamal, são acusados de abuso de poder e enriquecimento ilícito, assim como de envolvimento nos ataques contra os manifestantes durante a revolta popular.

*Com EFE e BBC

    Leia tudo sobre: egitohosni mubarakmundo árabehospital

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG