Mubarak e filhos serão julgados no Cairo em 3 de agosto

Tanto ex-presidente egípcio quanto filhos são acusados de abuso de poder, enriquecimento ilícito e ataques contra manifestantes

iG São Paulo |

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak e seus filhos Alaa e Gamal serão julgados no Cairo no dia 3 de agosto. A confirmação foi dada nesta quinta-feira pela agência oficial Mena, citando uma fonte do Ministério da Justiça.

Tanto Mubarak como seus dois filhos, Alaa e Gamal, são acusados de abuso de poder e enriquecimento ilícito, assim como de envolvimento nos ataques contra os manifestantes durante a revolta popular que levou à queda de seu regime.

Além dos dois filhos de Mubarak, o empresário Hussein Salem, detido na Espanha, também será julgado na capital egípcia.

Depressão

O estado de saúde do ex-líder egípcio, que renunciou à Presidência no dia 11 de fevereiro e está detido provisoriamente desde o dia 13 de abril, é instável. Na terça-feira desta semana, os médicos informaram que Mubarak encontra-se em "estado agudo de fraqueza", está deprimido e recusa-se a comer .

O ex-líder egípcio, de 83 anos, está internado hospital desde o dia 12 de abril no Hospital Internacional de Sharm el-Sheikh, quando sofreu um ataque cardíaco durante um interrogatório judicial. Mubarak, que deixou a presidência no dia 11 de fevereiro, despois de quase 30 anos no poder, está em prisão preventiva desde 13 de abril.

Mohamed Mania, subsecretário para Assuntos de Tribunais, declarou que o julgamento será na sede da Organização Geral do investimento e Zonas de Livre-Comércio. O responsável do Ministério da Justiça indicou que foi estabelecido um plano de segurança sem precedentes para proteger os arredores do edifício.

*Com EFE e AFP

    Leia tudo sobre: egitohosni mubarakmundo árabejulgamentofilhos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG