Manifestantes são condenados à pena de morte no Bahrein

Opositores são considerados culpados pelo assassinato de policiais durante protesto pró-democracia no país

iG São Paulo |

Quatro manifestantes foram condenados à morte nesta quinta-feira no Bahrein, após serem considerados culpados pelo assassinato de dois policiais durante protestos pró-democracia.

Outros três manifestantes foram condenados à prisão perpétua pela mesma Corte militar. O julgamento ocorreu a portas fechadas e, segundo grupos de direitos humanos, os réus foram impedidos de se comunicar com familiares e tiveram pouco acesso a seus advogados.

Todos negaram as acusações. Foi o primeiro julgamento desde que centenas de manifestantes foram pesos durante uma onda de protestos antigoverno que começou no mês passado.

As autoridades do Bahrein responderam com violência aos protestos, que foram inspirados nas revoltas populares de Tunísia e Egito.

Para conter as manifestações, o governo declarou estado de emergência e recebeu cerca de mil soldados sauditas e 500 dos Emirados Árabes que também atuaram na repressão aos protestos.

Com BBC

    Leia tudo sobre: mundo árabeprotestosbahrein

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG