Líbia: multidão furiosa ataca ônibus com jornalistas

Cerca de 50 homens forçaram a entrada em carro com representantes da imprensa internacional, mas só oficial local se feriu

AFP |

Um ônibus no qual viajavam três jornalistas que partiam neste sábado de Trípoli em direção à fronteira tunisiana foi atacado por uma multidão enfurecida na entrada da cidade de Zuara, 100 km a oeste da capital. A informação foi dada por um dos repórteres que viajava no veículo à AFP.

O ônibus passava por um posto de gasolina no qual dezenas de automóveis formavam uma longa fila quando um dos jornalistas, do canal chinês Phoenix TV, pegou uma câmera para filmar a cena, relatou Guy Desmont, cinegrafista da Reuters: "Homens furiosos, dos quais ao menos três estavam armados com pistolas e uma faca, forçaram a porta e subiram no ônibus", conta.

Segundo ele, os libios ameaçaram os jornalistas, perguntando sua nacionalidade e para que meio de comunicação trabalhavam. Cerca de 50 homens rodearam o veículo. Soldados líbios que se encontravam em um posto de controle próximo dispararam ao ar para dispersar a multidão, que antes conseguiu furar os pneus do veículo. "Foi uma explosão de raiva", afirmou Desmond, acrescentando que um oficial líbio que acompanhava os jornalistas ficou levemente ferido. A polícia retirou os homens armados do ônibus e levou os jornalistas de volta ao seu hotel em Trípoli.

    Leia tudo sobre: íibiaconflitoimprensa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG