Kuwait vai às urnas em eleições parlamentares

Votação é teste para governo, que dissolveu Parlamento em dezembro em meio à crise política e revoltas no mundo árabe

iG São Paulo |

Mais de 400 mil eleitores participam nesta quinta-feira das eleições parlamentares do Kuwait, no momento em que grupos de oposição tentam aumentar sua participação política.

A votação é um teste para o governo, que enfrenta líderes opositores islamistas e liberais inspirados pelas revoltas do mundo árabe .

O emir dissolveu o Parlamento em Dezembro, após meses de crise política que incluíram a invasão do local por manifestantes antigoverno.

Leia também: Emir do Kuwait dissolve Parlamento após renúncia do governo

Embora a família que governa o Kuwait tenha a última palavra em todos os assuntos importantes, o Parlamento do país tem mais poder do que qualquer outra instituição eleita no Golfo e os parlamentares da oposição podem criticar abertamente o governo.

A oposição reivindica reformas políticas e constitucionais no emirado, mas não está claro se a revolta popular terá reflexo nos votos.

De acordo com observadores árabes, a votação, que define os ocupantes de 50 vagas, ocorre com tranquilidade, sem incidentes graves.

Um forte esquema de segurança foi montado nos colégios eleitorais – que são específicos para homens ou mulheres -, mas o governo não informou o número de agente mobilizados.

O Crescente Vermelho, voluntários e 300 observadores organizados pelo grupo Kuwait Transparency Society, apoiados por cerca de 30 observadores internacionais da rede árabe, verificam a regularidade da votação.

Um total de 400.269 eleitores podem comparecer às urnas em 543 centros de votação para escolher entre os 280 candidatos - entre eles 23 mulheres. Os resultados devem ser conhecidos na sexta-feira.

Com EFE e AP

    Leia tudo sobre: kuwaitmundo árabeemir

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG