Julgamento de Mubarak causa choques entre manifestantes e polícia

Egípcios tentam invadir local de nova audiência do ex-líder, cuja transmissão ao vivo foi proibida por juiz

iG São Paulo |

Manifestantes entraram em choque com policiais nesta segunda-feira no Cairo, capital do Egito, em frente ao tribunal onde o julgamento do ex-presidente Hosni Mubarak foi retomado. O ex-líder é acusado de ordenar a morte de manifestantes durante os protestos que o levaram a deixar o poder, no início do ano.

AP
Manifestantes anti-Mubarak entram em choque com policiais no Cairo

Os manifestantes, muitos deles parentes de egípcios mortos durante os protestos anti-Mubarak, tentaram invadir o tribunal para assistir o julgamento, cuja transmissão televisiva foi proibida pela justiça . Durante o protesto, manifestantes atiraram pedras contra policiais, que avançaram usando escudos e cassetetes.

Na audiência desta segunda-feira estavam previstos os depoimentos das primeiras testemunha do caso, entre elas uma autoridade da polícia. A TV estatal mostrou imagens de Mubarak, 83 anos, chegando ao tribunal em uma maca.

"Esperamos ouvir o depoimento de quatro testemunhas que a acusação pediu para provar as denúncias contra Mubarak e os outros'", disse Gamal Eid, um advogado que representa 16 dos 850 mortos na insurgência contra o ex-líder. Os filhos de Mubarak, Alaa e Gamal, e o ex-ministro egípcio do Interior, Habib al-Adly, também estão sendo julgados.

Brigas entre partidários e opositores de Mubarak e a polícia também ocorreram nas proximidades do tribunal. Na manifestação a favor de Mubarak, egípcios seguravam cartazes com o rosto do ex-líder, gritando: "Ele nos deu 30 anos de proteção” e “Mubarak, mantenha sua cabeça erguida”.

O juiz Ahmet Refaat proibiu a cobertura ao vivo do processo depois das primeiras duas sessões, em que os entusiasmados egípcios assistiram ao ex-líder ser julgado atrás das grades. Os advogados aplaudiram a decisão, dizendo que ela impediria que testemunhas fossem influenciadas por outros depoimentos e pela pressão popular.

Assista ao vídeo sobre o julgamento de Mubarak:

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: hosni mubarakegitomundo árabecairojulgamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG