Imigrantes são encontrados mortos em barco que ia para Lampedusa

Guarda Costeira italiana encontrou 25 mortos em embarcação que vinha da Líbia com quase 300 refugiados a bordo

iG São Paulo |

AP
Sobreviventes são retirados de embarcação que vinha da Líbia em direção a Lampedusa
A Guarda Costeira italiana encontrou 25 imigrantes mortos em um barco no qual viajavam outras 271 pessoas sem documentos, resgatado durante a madrugada passada no litoral da ilha siciliana de Lampedusa.

A embarcação foi acompanhada até o porto de Lampedusa e, enquanto eram feito o desembarque das 271 pessoas, entre elas 36 mulheres e 21 crianças que viajavam amontoadas na barcaça, foram achados os 25 cadáveres.

O resgate aconteceu depois de o serviço de vigilância ter recebido um pedido de socorro, feito da embarcação através de um telefone por satélite.

De acordo com autoridades, os mortos são todos homens, e os médicos do ambulatório de Lampedusa estão realizando os primeiros exames para estabelecer as possíveis causas dos óbitos. Uma primeira hipótese levantada é que as vítimas tenham morrido por asfixia, já que os imigrantes viajavam amontoados na barcaça de pequenas dimensões, pois nos corpos não foram encontrados sinais de violência.

*Com EFE

    Leia tudo sobre: lampedusaitáliaresgaterefugiadosmundo árabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG