Funcionários dos EUA e opositores líbios se reuniram no Cairo

Objetivo seria ter uma "maior compreensão" do conflito na Líbia

AFP |

O embaixador dos Estados Unidos na Líbia, Gene Cretz, e outros funcionários de alto escalão americanos se reuniram no Cairo com membros da oposição que tenta derrubar o líder líbio, Muamar Kadafi, informou nesta terça-feira o Departamento de Estado.

O Departamento de Estado recusou-se a identificar os interlocutores de Cretz, mas disse que Washington esteve em contato com membros da oposição dentro e fora do Conselho Nacional, liderado pelo ex-ministro da Justiça líbio Mustafa Abdel Jalil.

"Estamos contactando uma ampla variedade de líderes, aqueles que entendem e que podem potencialmente influenciar nos eventos na Líbia", disse à imprensa o porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley.

"Cretz nos últimos dias esteve em Roma e no Cairo para múltiplas reuniões, tanto com funcionários do governo italiano e do governo egípcio, como com figuras da oposição dentro da Líbia", acrescentou. Suas conversas com a oposição líbia buscavam "obter uma maior compreensão e perspectiva do que está acontecendo", disse.

    Leia tudo sobre: EUALíbiapolíticaviolênciarevoltamundo árabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG