Forças do governo da Líbia dizem ter cercado partidários de Kadafi em Sirte

Segundo CNT, resistência está concentrada em área de dois quilômetros quadrados no centro da cidade

iG São Paulo |

Forças do governo interino da Líbia disseram ter cercado partidários do líder deposto Muamar Kadafi em uma pequena área no centro de Sirte, uma das únicas cidades do país que ainda não foram controladas pelas tropas do Conselho Nacional de Transição (CNT).

Reuters
Combatente do governo interino da Líbia dispara foguete durante confronto com partidários de Kadafi em Sirte

"As forças de Kadafi estão encurraladas em dois bairros perto do mar, uma área de cerca de dois quilômetros quadrados, mas ainda há resistência", disse Abdul Salam Javallah, comandante de unidades do CNT do leste da Líbia.

Outro comandante em Sirte, coronel Younis al-Abdally, disse ter informações de que um dos filhos de Kadafi e autoridades de alto escalão do antigo regime estariam escondidos no local.

Os confrontos no local são intensos e é possível ouvir foguetes e tiros de metralhadora. Apesar de comandantes do CNT afirmarem usar apenas armas leves, tanques do governo ocuparam cruzamentos e atacaram as posições de partidários de Kadafi, enquanto picapes com armas pesadas e soldados saíam disparando.

Uma equipe da Cruz Vermelha entrou em um hospital de Sirte nesta segunda-feira para ajudar feridos a deixarem a cidade. O médico Abdallah Etbiga disse que mais de 100 pacientes, incluindo crianças, estavam presos no hospital.

No domingo, forças do CNT em Sirte tomaram três prédios importantes: o hospital principal, a universidade e o opulento centro de convenções Ouagadougou, construído para sediar cúpulas de dignitários estrangeiros. "80% de Sirte está sob nosso controle", disse Omar Abu Lifa, comandante das forças do governo que atacam Sirte pelo lado oeste.

Forças anti-Kadafi capturaram a capital líbia, Trípoli, em 23 de agosto, pondo fim ao regime de 42 anos do ex-líder. Desde então, forças do CNT vêm lutando para tomar Sirte e alguns outros redutos de partidários de Kadafi, como Bani Walid.

No domingo, o líder do CNT, Mustafá Abdul-Jalil, disse esperar que ambas as cidades estejam sob controle do governo interino em uma semana. Previsões similares já foram feitas no passado, mas não se concretizaram.

Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: líbiakadafimundo árabecntsirte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG