EUA destrói postos dos quais forças de Kadafi lançavam mísseis

Pentágono informou que os EUA continuam dando apoio às operações da Otan na Líbia

EFE |

Um avião militar americano destruiu dois dos postos dos quais as forças fiéis ao líder líbio, Muamar Kadafi, lançavam mísseis perto da capital, Trípoli, informou nesta terça-feira o Pentágono. O Departamento de Defesa ressaltou em comunicado que este ataque demonstra que os Estados Unidos continuam dando apoio às operações da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na Líbia.

Desde que a Otan assumiu o comando das operações multilaterais na Líbia em 1º de abril, os aviões americanos realizaram mais de 800 operações, segundo o Pentágono Do total de incursões, mais de 150 foram para eliminar as defesas aéreas de Kadafi e também provocaram baixas em sua artilharia, acrescentou.

O Pentágono destacou que o ritmo das operações na Líbia continua alto, segundo a porta-voz da Otan, Oana Lungescu, quem destacou os progressos no enfraquecimento das tropas de Kadafi.

"Estamos mantendo alta a pressão para deter o brutal ataque das forças do regime de Kadafi contra civis", disse ela em entrevista coletiva em Bruxelas.

"É uma tarefa desafiante, mas estamos fazendo progressos significativos no enfraquecimento da habilidade de Kadafi em usar sua maquinaria militar contra sua própria gente", acrescentou.

No total, segundo o Pentágono, os aliados realizaram 2,8 mil missões aéreas, das quais a metade se tratou de ataques aéreos contra as forças de Kadafi e suas instalações.

Na semana passada, os aviões da Otan destruíram bunkers de munição, tanques, radares e outros equipamentos militares de Kadafi e, segundo fontes da Otan, continuarão com estas operações até que o líder líbio desista da ação militar.

    Leia tudo sobre: kadafiEUAlíbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG