Xeque Jaber Mubarak al Sabah irá escolher nomes para novo ministério, após renúncia do governo do país

O xeque Jaber Mubarak Sabah, em foto de 2009
Reuters
O xeque Jaber Mubarak Sabah, em foto de 2009
O emir do Kuwait, xeque Sabah al Ahmad al Sabah, nomeou nesta quarta-feira como novo chefe do governo o ministro da Defesa, xeque Jaber Mubarak al Sabah, informou a agência oficial de notícias Kuna.

Em um decreto, o monarca disse que "após ter aceitado a renúncia do governo anterior no último dia 28, designa o xeque Jaber como presidente do Conselho de Ministros".

Leia também: Escândalo de corrupção no Parlamento abala o Kuwait

Segundo o texto, o emir encarregou Mubarak al Sabah de escolher os nomes para os ministérios.

A nomeação do xeque Jaber, que ocupava também o cargo de vice-presidente do Conselho de Ministros, acontece dois dias depois de o governo kuaitiano apresentar sua renúncia devido aos protestos antigoverno.

Nas últimas semanas, o Kuwait foi palco de protestos para pedir a demissão do primeiro-ministro, Nasser Mohammed al Ahmed al Sabah, supostamente envolvido em um caso de corrupção.

A crise cresceu no dia 17 de novembro quando milhares de manifestantes invadiram o Parlamento depois de a polícia usar a força para dissolver uma manifestação contra o chefe do governo.

O fato de ter uma população pequena, beneficiada por generosos programas sociais bancados pelo petróleo, foi crucial para blindar o Kuwait dos protestos que já levaram à mudança de governo na Tunísia, Egito, Líbia e Iêmen. O país detém cerca de 10 % das reservas globais de petróleo.

Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.