Ex-presidente egípcio e seus dois filhos são acusados de promover ataques contra os manifestantes

A segunda sessão do julgamento contra o ex-presidente do Egito, Hosni Mubarak, começou hoje no Cairo com o acusado deitado em uma maca, com os olhos fechados, enquanto o juiz examinava as provas da acusação. Mubarak chegou de helicóptero e depois foi levado de ambulância para o tribunal.

Os filhos de Mubarak, Alaa e Gamal, também compareceram perante o tribunal e se mantiveram de pé na cela dos acusados tentando ocultar seu pai dos presentes na sala. Os três são acusados de planejar os ataques contra os manifestantes durante a Revolução do dai 25 de Janeiro e poderiam enfrentar a pena de morte se forem declarados culpados.

Imagem da TV estatal egípcia mostra Mubarak deitado na maca enquanto acompanha seu julgamento
AP
Imagem da TV estatal egípcia mostra Mubarak deitado na maca enquanto acompanha seu julgamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.