Choques entre soldados e terroristas deixam 31 mortos no Iêmen

Confronto ocorreu após homens armados tentarem assaltar acampamento de brigada do Exército em Zinyibar

EFE |

Cerca de 21 membros do grupo terrorista Al-Qaeda e dez soldados iemenitas morreram nesta sexta-feira e neste sábado em choques na cidade de Zinyibar e na localidade de Louder, informaram fontes militares e do governo. Segundo um comunicado do Ministério da Defesa, dez militares morreram neste sábado quando homens armados tentaram assaltar o acampamento de uma brigada mecanizada do Exército em Zinyibar.

Os choques começaram no começo da manhã e se prolongaram por várias horas, segundo a nota oficial, que informa sobre um grande número de baixas na rede terrorista, embora sem precisar números. Fontes militares dizem que 18 homens armados morreram nesta sexta-feira em Zinyibar, capital da província de Abyan, e três homens armados perderam a vida neste sábado em choque com soldados iemenitas em Louder. No entanto, esta fonte não ofereceu números sobre possíveis baixas nas Forças Armadas.

A Al Qaeda controlava a cidade de Zinyibar desde o dia 27 de maio e desde então dezenas de integrantes da rede terrorista morreram em confrontos.

    Leia tudo sobre: IêmenA--Qaedaterroristas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG