Após ser arma de protesto no Egito, internet vira praça de festa

Na rede, milhares de pessoas comemoram queda do ditador Mubarak com votos de parabéns, mensagens de euforia e sequência de piadas

iG São Paulo |

Além de tomar a praça Tahrir, a principal do Cairo, os egípcios pressionaram o governo e deram visibilidade mundial ao seu protesto contra o presidente Hosni Mubarack usando ferramentas da Internet, como o Twitter e o Facebook . Emails e SMS foram usados para convocar protestos e para organizar a multidão de manifestantes. A força da rede foi tamanha que o governo chegou a cortar o acesso à Internet no país.

Nesta sexta, quando a queda de Mubarack se consumou , milhões de pessoas ao redor do mundo que acompanhavam os protestos à distância ou bem ao lado deles voltaram à rede. Agora, para celebrar a queda de Mubarack. Um dos usuários postou uma mensagem que copia o processo de retirada de um programa do computador: "Desinstalado um ditador. 100% completo".

No Twitter, por exemplo, a expressão "Congrats Egypt" (Parabéns Egito) está o dia todo entre os assuntos mais comentados do mundo. A maioria absoluta das mensagens é de parabéns aos egípcios, por terem derrubado o ditador. Várias mensagens são simplesmente de euforia. Egípcios que moram na Inglaterra, reunidos em uma comunidade no Facebook, estão postando vídeos com o hino nacional do país, fotos da bandeira e mensagens como "Parabéns aos heróis"e "Enfim o Egito está livre", por exemplo.

No Brasil, Egito e Mubarack também estão entre os assuntos mais citados. Por volta das 15h, quatro dos dez assuntos mais comentados no Twitter estavam relacionados ao Egito. No País, até o jogador Ronaldo, do Corinthians, deu parabéns aos manifestantes.

Também não faltaram piadas relacionando o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, e o presidente do Senado, José Sarney, ao agora ex-presidente do Egito. Tanto que o nome de Ricardo Teixeira está entre os tópicos mais comentados nas redes sociais, onde vários usuários estão pedindo a sua saída da CBF - e de Sarney do Senado. Além disso, vários usuários citaram trechos de a "A Dança do Ventre", música do grupo baiano "É o Tchan", dos anos 90: "Essa é a mistura do Brasil com o Egito/ Tem que ter charme para dançar bonito".

O iG reuniu algumas dessas manifestações, no Brasil e no mundo, e as mostra abaixo.

    Leia tudo sobre: egitohosni mubarakoposiçãomanifestaçõesinternet

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG