Ambulante tunisiano é personalidade do ano do Times londrino

Mohamed Bouazizi, responsável pelo início dos protestos da Primavera Árabe após autoimolação, foi destacado pelo jornal londrino

iG São Paulo |

O jornal londrino The Times anunciou nesta quarta-feira a escolha do vendedor ambulante Mohamed Bouazizi como a personalidade de 2011, por ter dado início à Primavera Árabe com a autoimolação.

Leia também:
- Revolta que deu origem à Primavera Árabe completa um ano

- O homem que 'acendeu' a fagulha da Primavera Árabe

AFP
A mãe de Mohamed Bouazizi em frente à foto do filho

Bouazizi ateou fogo ao corpo em 17 de dezembro de 2010, num protesto contra autoridades que tentavam proibi-lo de vender frutas e legumes nas ruas da cidade tunisiana de Sidi Bouzid. Ele morreu em 4 de janeiro, aos 26 anos.

O fato desencadeou uma onda de protestos que rapidamente se espalhou pela Tunísia e por outros países do mundo árabe, ressoando junto a milhões de insatisfeitos com a falta de perspectivas econômicas e com o autoritarismo dos seus governos.

Devido às manifestações, o presidente da Tunísia Zine El Abidine Ben Ali, há 23 anos no poder, renunciou ao seu cargo em janeiro. Nove meses depois, foram realizadas as primeiras eleições livres do movimento que varreu o norte da África e o Oriente Médio.

O partido islâmico moderado Ennahda se consagrou vitorioso e conquistou 90 dos 217 assentos da Assembleia Constituinte, à frente do Congresso para a República, esquerda-liberal, com 30 cadeiras (13,82% dos votos) e do Ettakatol, de esquerda, com 21 deputados (9,68% dos votos).

Os protestos, que ficaram conhecidos como Primavera Árabe, levaram também à queda dos governos do Egito , Líbia e Iêmen , e ainda motivam violentos protestos na Síria .

"O Times aponta Mohamed Bouazizi, o vendedor de rua que se tornou a inspiração para a Primavera Árabe, como a sua personalidade do ano", disse o jornal na primeira página.

"Bouazizi não era um revolucionário, mas o seu protesto solitário serviu como catalisador para uma onda de revoltas que transformaram o Oriente Médio", acrescentou a publicação.

Com Reuters

    Leia tudo sobre: tunísiapersonalidade do anomundo árabetimes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG