Confrontos entre manifestantes e polícia do Egito deixam dois mortos

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Confrontos ocorreram em marchas organizadas por membros do grupo islamista Irmandade Muçulmana

Reuters

Duas pessoas foram mortas em confrontos violentos entre manifestantes pró-islamistas e a polícia egípcia, na noite de quarta-feira (1), na cidade de Alexandria, disse o Ministério do Interior.

Conheça a home do Último Segundo

O Egito tem registrado uma onda de protestos violentos desde que o Exército depôs o presidente eleito islamista Mohamed Mursi em julho, depois de manifestações intensas contra seu mandato. Centenas de pessoas foram mortas e milhares, presas, desde então.

O Ministério do Interior disse que os confrontos ocorreram durante marchas organizadas por cerca de 200 membros do grupo islamista Irmandade Muçulmana em Alexandria.

Mursi e a maioria dos principais líderes da Irmandade estão sob julgamento por uma série de acusações que vão desde incitação à violência a cooperação com organizações estrangeiras para executar atos terroristas no Egito.


Leia tudo sobre: EGITOCONFRONTOmundo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas