Relatório mostra que armas químicas foram usadas em cinco de sete ataques investigados por especialistas

Reuters

Armas químicas foram provavelmente usadas em cinco de sete ataques investigados por especialistas da Organização das Nações Unidas na Síria, onde uma guerra civil de mais de dois anos e meio já matou pelo menos 100.000 pessoas, de acordo com um relatório da ONU publicado nesta quinta-feira.

Conheça a nova home do Último Segundo 

Leia também: EUA e Reino Unido suspendem ajuda não letal a rebeldes no norte da Síria

Ban Ki-moon recebe relatório que comprova o uso de armas químicas na guerra civil da Síria
AP
Ban Ki-moon recebe relatório que comprova o uso de armas químicas na guerra civil da Síria

"A Missão das Nações Unidas conclui que armas químicas foram utilizadas no conflito em andamento entre as partes na República Árabe Síria", informou o relatório final do investigador-chefe da ONU, Ake Sellstrom.

O relatório observou que em vários casos as vítimas incluíam soldados e civis, embora nem sempre foi possível estabelecer com certeza todas as ligações diretas entre os ataques, as vítimas e os supostos locais dos incidentes.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.