Ação militar desatou violência no Cairo e em cidades, deixando centenas de mortos e milhares de feridos

As forças de segurança do Egito avançaram contra dois principais acampamentos de partidários do presidente deposto Mohammed Morsi no Cairo. Os confrontos no Cairo e em outras cidades do país deixaram centenas de mortos e milhares de feridos.

Quarta: Polícia avança contra acampamentos pró-Morsi e violência se alastra
Premiê: Egito defende repressão sangrenta contra partidários de Morsi

Um mês: Egito declara estado de emergência em meio à violência
Aliado: Obama condena violência e cancela exercícios militares com Egito

Saiba mais: Entenda as causas dos conflitos no Egito

Os acontecimentos desta quarta-feira foram o capítulo mais recente dos distúrbios que acontecem no Egito desde a queda do líder autocrata Hosni Mubarak , em 2011, e devem aprofundar as divisões do país, onde de um lado estão os islamitas liderados pela Irmandade Muçulmana , e de outro, seculares, liberais, muçulmanos moderados e a minoria cristã.

Veja as imagens dos confrontos no Egito:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.