Tiroteio em Trípoli, no Líbano, mata uma pessoa

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Cidade libanesa vem sofrendo um surto de violência alimentado pela guerra civil na Síria

Reuters

Uma pessoa morreu e dezenas ficaram feridas por tiros no domingo, na cidade libanesa de Trípoli, disseram fontes de segurança no mais recente surto de violência sectária alimentada pela guerra civil na vizinha Síria.

Leia:
Refugiados sírios despertam no Líbano dolorosa memória de crises anteriores
Exército da Síria lança ofensiva perto da fronteira com Líbano

As fontes disseram que o homem morto era do distrito Jabal Mohsen, em Trípoli, um enclave de moradores alauítas na cidade portuária habitada principalmente por muçulmanos sunitas. A maioria dos muçulmanos sunitas no Líbano apoia a revolta contra o presidente Bashar al-Assad, que é da minoria alauíta da Síria.

Três pessoas ficaram feridas em Jabal Mohsen e outros 10 ficaram feridos no bairro muçulmano sunita adjacente de Bab Tabbaneh, disseram as fontes de segurança.

Tiros ainda podiam ser ouvidos após o anoitecer, disseram moradores, mas a presença do exército nos principais cruzamentos e os confrontos pareciam ter desaparecido.

Tensões sobre a crise síria frequentemente levaram a combates de rua em Trípoli. Em dezembro, pelo menos 12 pessoas foram mortas em alguns dos confrontos mais pesados a atingir o porto da cidade.

Leia tudo sobre: líbanoviolênciasíria

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas