Atiradores matam soldados sírios em emboscada no oeste do Iraque

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Militares haviam entrado no país vizinho no fim de semana, após escapar de um ataque rebelde; ataque aumenta temores de que Iraque seja atraído para guerra civil síria

Reuters

Homens armados não identificados mataram ao menos 42 soldados sírios que eram levados para a fronteira síria por autoridades iraquianas nesta segunda-feira, depois de terem entrado no Iraque para escapar de um ataque rebelde sírio no fim de semana, disseram autoridades iraquianas. O ataque provavelmente aumentará as preocupações de que o Iraque seja atraído para a guerra civil síria.

Julho: Rebeldes sírios tomam controle de postos de fronteira com Iraque e Turquia

AP
Reprodução de vídeo mostra soldado do governo sírio morto em academia de polícia em Khan al-Asal, na Província de Aleppo (03/03)

Oposição: Embaixador sírio no Iraque é primeiro diplomata a desertar

Um comboio transportando os sírios foi emboscado na Província de Anbar, no oeste do Iraque, onde milhares de sunitas iraquianos protestam diariamente há mais de dois meses contra o governo liderado por xiitas e contra a marginalização de sua seita.

O conflito na vizinha Síria, onde rebeldes de maioria sunita lutam para derrubar um líder apoiado pelo Irã xiita, está incitando tensões sectárias no Iraque e no resto do Oriente Médio. Isso provoca temores de uma volta ao tipo de violência sectária que matou dezenas de milhares no Iraque em 2006-2007.

Há um ano: Levante na Síria completa um ano e ameaça se espalhar por região

NYT: Sírios temem que levante cause guerra sectária igual à do Iraque

"O incidente aconteceu em Akashat, quando o comboio que carregava os soldados sírios seguia para a passagem de fronteira al-Waleed", disse uma autoridade iraquiana à Reuters. "Homens armados fizeram uma emboscada e mataram 40 deles, e ao menos mais sete soldados iraquianos que protegiam o comboio."

As autoridades iraquianas disseram que cerca de 65 soldados e funcionários públicos sírios tinham se rendido ao Iraque na sexta, depois que rebeldes antigoverno assumiram o controle do lado sírio da passagem de fronteira Yaarabiya.

Saiba mais: Curdos fogem da Síria e enfrentam incertezas no Iraque

Os sunitas de Anbar expressam frustrações que se acumulam desde que a invasão liderada pelos EUA derrubou o ditador sunita Saddam Hussein e fortaleceu a maioria xiita do Iraque.

Leia tudo sobre: síriairaquemundo árabeprimavera árabeassad

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas