Em mensagem de Natal, papa condena massacre de sírios 'indefesos'

Bento 16 volta a pedir pelo fim de derramamento de sangue na Síria, país que vive há quase dois anos de conflito violento

BBC Brasil |

BBC

Em sua tradicional mensagem de Natal, o papa Bento 16 voltou a pedir pelo fim do derramamento de sangue na Síria , país que vive quase dois anos de conflito. Diante de milhares de peregrinos na praça São Pedro, no Vaticano, Bento 16 pregou diálogo e uma solução política no país árabe. "Peço pelo fim do derramamento de sangue, pelo acesso mais fácil de ajuda humanitária aos refugiados e aos deslocados", afirmou no discurso Urbi et Orbi.

Véspera:  Papa celebra Missa do Galo no Vaticano

AP
Papa Bento 16 faz seu discurso 'Urbi et Orbi' na Basílica de São Pedro, no Vaticano

Após reunião com Assad: Enviado da ONU diz que situação na Síria é 'preocupante'

Os enfrentamentos entre tropas do governo e opositores sírios estão em curso desde o início de 2011, com um saldo de estimados 44 mil mortos. Na segunda-feira, o enviado especial da ONU e da Liga Árabe à Síria, Lakhdar Brahimi, reuniu-se com o presidente Bashar al-Assad , mas nenhum avanço no diálogo foi divulgado.

"Que a paz brote para o povo da Síria, profundamente machucado e dividido por um conflito que não poupa nem os indefesos e deixa vítimas inocentes", declarou o papa.

Sem Natal: Confrontos ofuscam Natal na Síria pelo segundo ano seguido

NYT: Guerra civil na Síria influencia êxodo cristão no Oriente Médio

Ele também clamou pela paz na Nigéria, lamentando atos "selvagens de terrorismo" que frequentemente alvejam os cristãos no país. E instou a nova liderança chinesa a respeitar a contribuição da religião na criação de uma "sociedade fraternal".

Tempo e espaço

A mensagem Urbi et Orbi, que significa "à cidade e ao mundo", é uma tradição natalina dos católicos romanos. Na segunda-feira, a missa da véspera de Natal , geralmente celebrada à meia-noite, foi adiantada em duas horas para não cansar em demasia o pontífice, que tem 85 anos. Na missa, ele instou os cristãos a "encontrar tempo e espaço para Deus em suas vidas corridas".

    Leia tudo sobre: papabento 16vaticanoigreja católicasíriaassad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG