Atentado suicida mata 20 soldados no sul do Iêmen

Grupo de terroristas invadiu base militar na cidade de Shucra e abriu fogo contra guardas

EFE |

EFE

Pelo menos 20 soldados morreram nesta sexta-feira após um atentado suicida em um acampamento militar na província de Abian, no sul do Iêmen, informaram à Agência Efe fontes militares. As fontes explicaram que pelo menos quatro suicidas invadiram com um carro 4x4 a base militar da 5ª Brigada de Infantaria, na cidade de Shucra.

Leia também:  Homens mascarados matam funcionário da embaixada dos EUA

Na entrada do quartel, os terroristas dispararam contra os guardas e mataram um deles. Posteriormente, três dos terroristas desceram do veículo, dois deles abriram fogo enquanto o terceiro entrou na sala de operações da base, onde detonou a carga explosiva que levava junto ao seu corpo e matou oito soldados. O quarto atacante, que conduzia o 4x4, explodiu o veículo no pátio do quartel, onde morreram outros 11 soldados.

De acordo com essa versão, o ataque tem a marca da organização terrorista Al Qaeda e coincidiu com a visita do ministro da Defesa iemenita, Mohammed Nasser Ahmed, a Abian. O Exército, com a ajuda das milícias de Al Sayed, conseguiu expulsar a Al Qaeda das principais cidades de Abian em junho passado, após um mês de duros combates.

O grupo terrorista intensificou suas operações nos últimos meses devido à instabilidade que vive o Iêmen desde que em janeiro de 2011 explodiram revoltas populares contra o então presidente, Ali Abdullah Saleh, que cedeu o poder em fevereiro passado ao seu vice-presidente, Abdo Rabbo Mansour Hadi. 

    Leia tudo sobre: iêmenmundo árabeatentadoshucra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG