Assembleia da Líbia elege ex-diplomata como primeiro-ministro

Ali Zeidan, ex-opositor do regime de Muamar Kadhafi, tem prazo de 15 dias para formar novo governo

Reuters |

Reuters

Reuters
Ali Zeidan fala durante conferência em maio de 2011

 A Assembleia Nacional da Líbia elegeu neste domingo (14) o ex-diplomata Ali Zeidan como primeiro-ministro, que agora será encarregado de tentar reunir, em um prazo de 15 dias, um governo aceitável para muitas facções do país.

Zeidan obteve 93 votos contra 85 do atual ministro de governo, Muamad al Hrari, de acordo com os resultados anunciados pelo presidente da Assembleia Nacional, Muamad al Megaryef, à televisão líbia. 

Leia mais:
Recém-eleito, Mustafa Abu Shagur é retirado do cargo pelo Parlamento
Premiê da Líbia retira lista com nomes para formação de novo governo

O primeiro-ministro anterior, Mustafa Abushagur, foi demitido por meio no início deste mês depois que sua escolha de ministros correu em protestos dentro e fora da Assembleia.

A Líbia precisa desesperadamente de um governo viável para que possa se concentrar na reconstrução e na cura de divisões regionais abertas pela guerra que derrubou Muammar Gaddafi no ano passado.

    Leia tudo sobre: líbiamundo árabeprimavera árabe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG