Bombardeios da Turquia matam vários soldados sírios

Ataques aconteceram na zona de Tel Abiad, no norte da Síria. Não há informações sobre vítimas

EFE |

EFE

Vários soldados sírios morreram na noite desta quarta-feira em um posto de controle na zona de Tel Abiad, na província fronteiriça de Al Reqa, no norte da Síria, pelos bombardeios do Exército turco, informou o grupo opositor Observatório Sírio de Direitos Humanos. Por enquanto, nem as autoridades sírias nem outras organizações opositoras confirmaram essa informação.

Leia também:  Turquia ataca postos militares na Síria após ser atingida por morteiro

O Observatório precisou que o posto de controle ficava na área de Rasma al Gazal, ao sul de Tel Abiad, e acrescentou que os bombardeios desde a Turquia continuaram até o amanhecer. Um ativista, citado pelo grupo opositor, assegurou que pouco depois desse ataque tiveram início na área enfrentamentos entre as forças governamentais e os rebeldes sírios.

Na noite desta quarta-feira, o ministro da Informação sírio, Omran Zubi, afirmou que seu Governo estava investigando as circunstâncias do ataque lançado ontem desde o território sírio sobre um povoado turco próximo à fronteira, o que causou cinco vítimas fatais.

Ataque:  Explosão mata ao menos seis soldados e um civil na Turquia

Em entrevista à televisão estatal, Zubi apresentou suas condolências às famílias das vítimas do míssil que caiu sobre Akçakale, na província de Sanliurfa. No total, três mísseis atingiram a cidade turca, mas só um deles causou a morte de cinco pessoas e deixou outras 13 feridas, sendo duas com gravidade. Posteriormente, as Forças Armadas da Turquia bombardearam alvos dentro da Síria em represália, segundo informou o Governo de Ancara. 

    Leia tudo sobre: síriaturquiabombardeio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG