Militares estavam em busca dos pilotos e enviaram navio especializado para recuperar os destroços da aeronave a cerca de 1 mil metros de profundidade

Reuters

O comando das Forças Armadas da Turquia disse nesta quarta-feira que localizou os corpos dos dois pilotos do caça F-4, abatido pela Síria no mês passado, e informou que está tentando recuperá-los do fundo do mar.

Foto de arquivo mostra Hasan Huseyin Aksoy, um dos operadores do jato turco que foi derrubado
AP
Foto de arquivo mostra Hasan Huseyin Aksoy, um dos operadores do jato turco que foi derrubado

Resposta: Turquia posiciona baterias antiaéreas na fronteira com a Síria

As relações entre Turquia e Síria atingiram um novo pico de tensão depois que a Síria derrubou um avião de reconhecimento turco sobre o Mediterrâneo em 22 de junho, o que levou a uma resposta firme da Turquia, que ameaçou agir de maneira "decisiva" .

A Síria alega que derrubou o caça em defesa própria quando a aeronave invadiu o espaço aéreo do país. A Turquia diz que o avião violou acidentalmente o espaço aéreo sírio por poucos minutos, mas depois foi abatido em uma área internacional.

Assad:  Presidente da Síria lamenta ataque a avião militar da Turquia

Os militares estavam em busca dos pilotos deste então e nesta semana levaram um navio especializado para recuperar os destroços da aeronave a cerca de 1 mil metros de profundidade.

Os militares não informaram a localização dos corpos do capitão Gokhan Ertan e do tenente do ar Hasan Huseyin Aksoy.

Tensão: Turquia envia jatos à fronteira após aproximação de helicópteros da Síria

A Turquia aumentou sua presença militar na fronteira desde o incidente e caças de combate F-16 fizeram sobrevoos na região por três dias seguidos depois que helicópteros de transporte sírios foram avistados perto da fronteira com a Turquia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.