Egito julgará 293 por violentos confrontos no Cairo

Episódios ocorreram em dezembro entre manifestantes contrários à junta militar e forças de segurança; 24 menores estão entre os réus

iG São Paulo |

Um total de 293 pessoas, incluindo 24 menores, serão julgadas por seu suposto envolvimento nos episódios de violência ocorridos em meados de dezembro passado, no Cairo, capital do Egito.

Cairo: Junta Militar no Egito prorroga toque de recolher

Reuters
Soldados egípcios prendem mulher durante confrontos na Praça Tahrir, no Cairo (17/12)
Segundo a agência oficial egípcia Mena, essas pessoas foram acusadas por juízes encarregados pelo Ministério da Justiça de investigar os ataques contra prédios públicos, com armas brancas e coquetéis molotov.

Eleição: Candidatos suspendem campanha por violência egípcia

Dos quase 300 acusados, 24 serão julgados por um tribunal de menores, em data ainda não determinada.

Em dezembro passado ocorreram no Cairo violentos confrontos entre manifestantes opostos ao regime militar e as forças de segurança. O estopim da onda de violência aconteceu quando um acampamento de manifestantes montado em frente ao prédio do governo foi desmontado por agentes de segurança. As forças do governo expulsaram os presentes, que pediam o fim do governo controlado pelos militares.

Ao menos três pessoas foram mortas durante os confrontos e outras 100 ficaram feridas.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: egitoconfrontocairojulgamentoviolênciamubarak

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG