Personalidades mundiais que se destacaram na década

Veja a seguir lista de políticos e empreendedores que marcaram os anos de 2000 a 2009

iG São Paulo |

Ricardo Stuckert/ PR
Presidente Lula durante gravação de programa televisivo (14/09/2010)
Luiz Inácio Lula da Silva

De líder metalúrgico a presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, de 65 anos, deixa o mais alto cargo do Executivo este ano com índices de aprovação na faixa de 80%. Depois de dois mandatos sucessivos iniciados em 2002, o ex-dirigente sindical prepara-se para passar a faixa presidencial a sua sucessora Dilma Rousseff, que, embalada pela popularidade de seu maior cabo eleitoral, conseguiu se eleger apesar da total inexperiência nas urnas. Embora seu governo tenha sido alvo de diversos escândalos de corrupção – o maior deles o do mensalão, em 2005 – Lula tem dedicado seus últimos discursos no cargo a números positivos do governo e à lembrança de episódios como o dia em que ganhou do presidente americano Barack Obama o apelido de “o cara”.

Saiba mais sobre o legado Lula

Getty Images
Bush faz pronunciamento na TV sobre os ataques de 11 de Setembro (11/09/2001)
George W. Bush

O republicano George W. Bush, de 64 anos, elegeu-se presidente dos Estados Unidos em 2000, após derrotar o candidato democrata Al Gore em uma polêmica votação decidida na Justiça. No poder por oito anos (com a reeleição em 2004), tornou-se um dos presidentes mais impopulares da história dos EUA, criticado pelas guerras do Afeganistão e do Iraque, pela lenta resposta ao furacão Katrina, que devastou Nova Orleans em 2005, e pela crise financeira de 2008.

Getty Images
Osama bin Laden, em foto sem data
Osama Bin Laden

Número 1 na lista dos mais procurados pelos EUA, o saudita Osama bin Laden, de 53 anos, é acusado de diversas ações terroristas, incluindo os ataques do 11 de Setembro de 2001 e contra as embaixadas americanas na África, em 1998. Quando os soviéticos invadiram o Afeganistão em 1979, uniu-se a rebeldes afegãos que resistiam à ocupação e formou a Al-Qaeda. Nos anos 90, passou a conclamar a guerra contra americanos e judeus. O Departamento de Estado americano oferece US$ 25 milhões por informações que levem à sua captura.

Divulgação/Casa Branca
Barack Obama, em foto de maio de 2009
Barack Obama

Primeiro negro a ocupar o cargo de presidente dos Estados Unidos, o democrata Barack Obama, de 49 anos, elegeu-se em 2008 com uma campanha que teve como base o slogan “Yes, we can” (Sim, nós podemos). No poder, tem como principais desafios promover a recuperação econômica americana, diminuir os índices de desemprego, combater o terrorismo e pôr fim à guerra do Afeganistão. No final de 2009, seu primeiro ano de mandato, recebeu o Prêmio Nobel da Paz “por seus esforços extraordinários para fortalecer a diplomacia internacional e a cooperação entre os povos”.

Getty Images
Hu Jintao participa de cúpula nuclear em Washington (13/04/2010)
Hu Jintao

Visto como protegido de Deng Xiaoping (o sucessor de Mao Tse-Tung), o presidente da China, Hu Jintao, 67 anos, tornou-se o primeiro líder chinês não militar a governar o Tibete, de 1988 a 1992. Eleito presidente da China em 2003, Hu defende políticas para propiciar mais riqueza aos trabalhadores e agricultores pobres, enquanto mantém reformas de mercado. O líder vem sendo pressionado por autoridades internacionais, que acusam a China de obter vantagens com a desvalorização da moeda chinesa (yuan) em transações comerciais.

AFP
Vladimir Putin, em foto de setembro de 2010
Vladimir Putin

Vladimir Putin, de 58 anos, é o atual primeiro-ministro da Rússia. Foi presidente entre 1999, quando assumiu o poder interinamente após a renúncia de Boris Yeltsin (1991-1999), e 2008. Em seu mandato, Putin manteve-se extremamente popular, consolidou o controle sobre vários aspectos da sociedade e dos negócios russos e reprimiu a oposição. Alguns especialistas sugerem que Putin pode voltar à presidência em 2012, quando acaba o mandato de seu sucessor, Dmitri Medvedev.

Reuters
Berlusconi durante encontro da Cúpula do G8 (15/05/2010)
Silvio Berlusconi

Dono de um império midiático e do time de futebol AC Milan, o primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, de 74 anos, é um dos homens mais ricos do mundo com uma fortuna estimada em cerca de US$ 6 bilhões, segundo a revista Forbes. No cargo de premiê entre 1994 e 1995 e novamente entre 2001 e 2006, foi eleito para seu terceiro mandato em 2008 para um governo de centro-direita em que a bandeira anti-imigração ganhou força. Atualmente, escândalos sexuais, alto índice de desemprego, cortes de gastos públicos e uma crise sobre a coleta de lixo em Nápoles contribuem para a queda de sua popularidade.

Getty Images
Al Gore lança livro sobre aquecimento global em Tóquio, no Japão (14/01/2006)
Al Gore

Derrotado pelo republicano George W. Bush na eleição presidencial americana de 2000, o democrata e ex-vice-presidente Al Gore, de 62 anos, deu a volta por cima com o livro “Uma Verdade Inconveniente”, de 2006, sobre a ameaça do aquecimento global. A obra se tornou um best-seller, deu origem a um documentário vencedor do Oscar e fez de Gore a figura política mais comumente associada à causa ambiental. Em 2007 ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz juntamente com o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU.

AP
Julian Assange, criador do WikiLeaks, em foto de 4 de novembro
Julian Assange

O criador do site WikiLeaks, o australiano Julian Assange, de 39 anos, irritou autoridades mundiais com a divulgação de documentos confidenciais. Neste ano, sua notoriedade aumentou com o vazamento de telegramas diplomáticos americanos e relatórios sobre as guerras do Iraque e do Afeganistão. Assange começou seu ativismo na internet nos anos 90 e em 2006 fundou o WikiLeaks. Desde 16 de dezembro, está em liberdade condicional em Londres, onde enfrenta processo de extradição para Suécia, que o acusa de crimes sexuais.

Saiba mais sobre o criador do WikiLeaks

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=ultimosegundo%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237880478907&_c_=MiGComponente_C Ariana Huffington

A ateniense radicada nos EUA Arianna Huffington, de 60 anos, é editora-chefe e cofundadora do fenômeno Huffington Post, site de notícias e opinião que, com cinco anos de existência, só perde em audiência para o The New York Times. Conhecido como HuffPost, o site conta com 195 empregados e 6 mil blogueiros voluntários que atraem 4 milhões de comentários por mês. Por causa do sucesso, muitos apontam o modelo do site como o futuro do jornalismo online. Autora de 13 livros e comentarista política, Arianna foi eleita pela revista Forbes como a 28º mulher mais poderosa do mundo.

Saiba mais sobre Arianna Huffington

    Leia tudo sobre: retrospectivatop 10 personalidades

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG