O avião, da companhia Germanwings, uma subsidiária da Lufthansa, caiu perto de Digne-les-Bains, nos alpes franceses

Agência Brasil

Equipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na França
Reprodução/Twitter
Equipes de resgate esperam para atender vítimas do acidente aéreo na França

Destroços do avião Airbus A320, que caiu hoje (24) nos alpes franceses com 150 pessoas a bordo, foram encontrados perto de Barcelonnette, informou o Ministério do Interior da França, Bernard Cazeneuve.

Leia mais:  François Hollande diz que acidente não deve ter sobreviventes
Airbus A320 cai com 150 pessoas na França
Turma de estudantes alemães voltava de intercâmbio em Barcelona

Segundo o secretário de Estado dos Transportes francês, Alian Vidaliesa, a aeronave está numa zona “de neve, inacessível” a veículos. 

“O avião acidentou-se no maciço de Estrop. É uma zona de neve, inacessível para veículos, mas que pode ser sobrevoada por helicópteros”, disse Vidalies. Segundo o responsável, “as condições meteorológicas não eram especialmente más” no momento do acidente e o avião não era antigo.

Estavam no avião, que fazia a ligação entre Barcelona (Espanha) e Düsseldorf (Alemanha), 144 passageiros e seis tripulantes, segundo a Direção Geral de Aviação Civil.

O presidente francês, François Hollande, citado pela agência de notícias France Presse, anunciou que não há sobreviventes.

O avião, da companhia Germanwings, uma filial da Lufthansa, caiu perto de Digne-les-Bains, nos alpes franceses.

O jornal Le Figaro informou que o aparelho desapareceu dos radares cerca de uma hora e vinte minutos depois que decolou de Barcelona, quando sobrevoava a região de Barcelonnette, no Sul de França.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.