País valida Lei do Casamento e das Uniões Civis. Antes dele, Inglaterra e Gales já haviam aprovado a medida

A Escócia aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Em votação realizada na capital do país, Edimburgo, nesta terça-feira (4), o parlamento aprovou a Lei do Casamento e das Uniões Civis por 105 votos a 18.

Casal celebra Parada Gay de Madri, na Espanha
Getty Images
Casal celebra Parada Gay de Madri, na Espanha

O país entra na lista de territórios do Reino Unido que aprovaram a união, atrás de Gales e Inglaterra, onde a medida foi aprovada em 2013.

Enquanto na Inglaterra e em Gales as primeiras uniões gays devem ser realizadas a partir de março deste ano, na Escócia elas devem começar apenas a partir do segundo semestre.

Assim como acontece nos países vizinhos, a medida não obriga instituições religiosas a realizarem as cerimônias, mas valida os casamentos no civil. Antes, os casais do mesmo sexo faziam apenas um registro no país, como casal.

Durante todo o dia, manifestantes pareciam comemorar antecipadamente o resultado. É que antes de ser regulamentada, a medida havia recebido o primeiro “sinal verde” do congresso com 98 a favor e 15 contra, em novembro de 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.