Marcus Vinícius Felipe foi flagrado por policiais distribuindo `santinhos¿ de Iris na Capital

O presidente da Agência Goiana de Comunicação (Agecom), Marcus Vinícius de Faria Felipe foi preso nesta madrugada por boca-de-urna e desacato à autoridade, segundo o Ministério Público Eleitoral. Ele foi ouvido na sede da Polícia Federal e liberado.

O presidente da Agecom foi flagrado por volta de meia-noite espalhando santinhos de Iris Rezende na porta do Colégio Atheneu Dom Bosco, um dos locais de votação mais tradicionais de Goiânia.

Segundo nota da Polícia Federal, Marcus Vinícius teria pronunciado palavras de baixo calão dirigidas aos policiais militares que fizeram a abordagem e se negou a apresentar documentos de identificação pessoal.

À rádio, Marcus Vinícius afirmou que circulava com material da campanha no carro, mas negou a distribuição e a existência de panfletos apócrifos. “Foi apenas um mal-entendido”, afirmou em entrevista à rádio.

A Polícia Federal também registra a prisão de uma mesária em Aparecida de Goiânia que apareceu par trabalhar na seção embriagada.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.