Desempenho de alunos em 2010 evoluiu em relação a 2009, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação do Rio de Janeiro

O desempenho dos alunos das escolas municipais do Rio de Janeiro cresceu em 2010, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação do Rio de Janeiro (IDE-Rio), divulgado nesta sexta-feira. Nos anos iniciais (1ª à 5ª séries), o resultado passou de 4,5 em 2009 para 4,6, e nos finais (6º ao 9º anos), de 3,5 para 4. Com as notas, 513 escolas atingiram as metas do Termo de Compromisso de Desempenho e vão ganhar prêmio da Secretaria de Educação.

Contabilizado pela primeira vez em 2009, o IDE-Rio é medido pela Prova Rio, uma avaliação externa aplicada aos alunos do 3º e 7º anos, em conjunto com as taxas de evasão e de repetência. O índice é baseado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) , que é medido a cada dois anos em todos os municípios brasileiros através da Prova Brasil, aplicada pelo Ministério da Educação (MEC).

O prêmio anual de desempenho deverá ser pago a todos os servidores das escolas que atingiram as metas no segundo semestre de 2011. As equipes escolares que alcançaram as metas receberão o equivalente a um salário.

Entre as que chegaram às metas, 91 unidades fazem parte do programa Escolas do Amanhã (situadas em áreas conflagradas da cidade) e receberão um salário acrescido de 50%. Para a secretária Claudia Costin, isso significa que o programa tem feito a diferença, já que mais escolas conseguiram atingir as metas estabelecidas. Enquanto 53% do total de escolas da rede foram premiadas, este percentual foi de 60% no caso das Escolas do Amanhã (91 em 151).

Os professores que fazem dupla regência também receberão o prêmio por essa dupla, desde que a escola onde estão lotados tenha alcançado as metas. No entanto, os servidores não podem ter mais do que cinco dias de faltas justificadas ou outros afastamentos previstos na legislação.

Para participar da premiação, as diretoras de todas as escolas da rede municipal assinaram, no ano passado, um termo de compromisso, que fixava as metas a serem alcançadas por cada unidade escolar.

Prêmio para alunos

Para reconhecer e valorizar o esforço dos alunos, a Secretaria Municipal de Educação irá premiar, em junho, os 10 melhores alunos do 3°, 4°, 7° e 8° anos de toda a rede. Cada um dos estudantes receberá uma bicicleta, com equipamento de segurança.

Recuperação

A Secretaria de Educação também tem um programa para acompanhar os alunos com as piores notas e as escolas que obtiveram os desempenhos mais baixos no mesmo teste. Os estudantes terão aula de recuperação, e as instituições com desempenho ruim devem apresentar um planejamento para a melhoria da aprendizagem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.