Prefeito cassado pela quarta vez em SP fica no cargo

A Câmara de Sarapuí, no interior de São Paulo, cassou pela quarta vez em dois anos o mandato do prefeito César Dinamarco Corsi (PSDB). Apesar disso, ele permanece no cargo, beneficiado por uma liminar da Justiça.

iG São Paulo |

A Câmara de Sarapuí, no interior de São Paulo, cassou pela quarta vez em dois anos o mandato do prefeito César Dinamarco Corsi (PSDB). Apesar disso, ele permanece no cargo, beneficiado por uma liminar da Justiça.

A perda do cargo foi aprovada por unanimidade, em sessão extraordinária realizada na noite de ontem e que se prolongou até o início desta madrugada. A população lotou a Câmara para acompanhar a sessão.

Corsi é acusado de irregularidades administrativas, como o pagamento a funcionários fantasmas e a compra de ração animal com verba da merenda escolar. Ele também é acusado de ter ido a Manaus com uma comissão para um congresso de três dias e esticado a permanência para 10 dias por conta do erário.

O advogado do prefeito, Carlos César Pinheiro, disse que a Justiça concedeu liminar por entender que seu cliente está sofrendo "excesso de punição". Segundo ele, a Câmara julgou o prefeito sem aguardar o resultado de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) no município.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG