Volta de Dutra ainda é incógnita dentro do PT

Direção nacional do partido não confirma retorno do petista embora Dutra tenha dito que voltaria logo após a semana santa

AE |

selo

O retorno de José Eduardo Dutra à presidência do PT, programado para hoje, era um mistério até ontem. De licença médica desde 22 de março, devido a uma crise hipertensiva, o dirigente petista comunicou a amigos e correligionários que reassumiria o cargo logo após o feriado da Semana Santa.

Agência Estado
A volta de José Eduardo Dutra estava programada para esta segunda-feira (25)
Contudo, a direção nacional da legenda não confirma oficialmente a volta do líder partidário. O secretário-geral do PT, Elói Pietá, afirmou à reportagem que só hoje teria essa informação, ressalvando que a licença vale até a meia-noite e que Dutra poderia reassumir o posto até mesmo amanhã.

"Não falei com ele nesses dias, até para deixá-lo muito à vontade, não vou ficar insistindo. Além disso, ele pode reassumir ( o cargo ) no final do dia, amanhã, quando quiser. Não é um prazo judicial", disse.

Amigo de Dutra e líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), manteve o suspense. "Estive viajando, não tive contato com ele nos últimos dias", afirmou. Integrante da corrente majoritária Construindo um Novo Brasil (CNB), a mesma de Dutra, Costa é apontado como seu provável sucessor, em caso de renúncia do dirigente ao cargo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: josé eduardo dutraptpresidência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG