Volta de Delúbio ganha a defesa de Marta Suplicy

Senadora petista diz que existe um consenso no partido para a volta do ex-tesoureiro

AE |

selo

A volta do ex-tesoureiro Delúbio Soares às fileiras do PT conta com o aval explícito de figuras expressivas do partido. Antes envergonhado, o apoio agora é público. Para a senadora Marta Suplicy (PT-SP), há "consenso" sobre o retorno de Delúbio, expulso em 2005, no auge do escândalo do mensalão.

"A hora de votar o retorno do Delúbio é agora porque em 2012 haverá eleições e essa questão provocará mais polêmica", disse Marta, vice-presidente do Senado. "Sabemos que esse assunto ainda é mal compreendido pela sociedade e, no ano que vem, outros interesses podem prejudicar a volta dele."

A opinião é compartilhada pelo ex-presidente do PT Ricardo Berzoini, que em 2006 teve de se afastar do cargo, durante as investigações sobre a compra de um dossiê por petistas. "Delúbio tem que desencarnar. Não se trata de anistia, mas, depois de cinco anos, o partido avalia que ele já cumpriu sua pena", afirmou.

O Diretório Nacional do PT pode aprovar o perdão a Delúbio na reunião que começa na sexta-feira e vai até sábado. A dúvida dos petistas é sobre a conveniência de pôr o assunto em pauta no momento em que o presidente do PT, José Eduardo Dutra, deixa o comando do partido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: delúbiomarta suplicypt2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG