Vereador que fez filme vestindo cueca pode ser expulso do PSB

Diretório em Belo Horizonte abriu sindicância que pode resultar na expulsão de Gêra Ornelas dos quadros da legenda

AE |

selo

O diretório do PSB em Belo Horizonte abriu sindicância que pode resultar na expulsão do vereador Gêra Ornelas do partido. O procedimento foi aberto após a divulgação de vídeo feito pelo próprio parlamentar no qual ele aparece despachando de cuecas em um local que seria seu gabinete na Câmara Municipal da capital mineira.

Leia também : Em Minas, Vereador se filma usando apenas cueca

De acordo com o primeiro secretário do diretório municipal socialista, Moacir Sidô, o procedimento foi aberto pela comissão de ética do partido, que notificou Ornelas. O vereador tem dez dias para apresentar sua defesa, antes de o caso ser encaminhado para a plenária do PSB municipal.

Ornelas não foi encontrado hoje para falar sobre o caso. Para seu advogado, Antônio Patente, o parlamentar alegou que as imagens - nas quais aparece de cueca samba-canção e acariciando os cabelos de uma mulher que aparenta ter boletos de cobrança nas mãos - não foram feitas em seu gabinete, mas sim em um escritório de campanha.

O vereador é alvo de um processo por improbidade administrativa movido contra ele pelo Ministério Público Estadual (MPE). Ontem, a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas encaminhou ofício ao MPE e à Polícia Civil para abertura de nova investigação. Os deputados tiveram acesso a um vídeo no qual Ornelas faz sexo com diferentes mulheres, inclusive uma que, segundo o presidente da comissão, deputado estadual Durval Ângelo (PT), aparenta ser menor.

    Leia tudo sobre: Belo HorizonteMinas Gerais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG