Vereador paulistano Souza Santos confirma saída do PSDB

Tucano havia sido incluído no grupo de dissidentes do partido, mas ainda não tinha se pronunciado sobre o assunto

iG São Paulo |

O vereador paulistano Souza Santos confirmou nesta terça-feira os planos de deixar o PSDB. Santos havia sido incluído no grupo de vereadores tucanos que anunciou ontem sua saída do partido. Como ele ainda não havia se pronunciado publicamente sobre o tema, o comando do PSDB ainda dizia  ter esperanças de convencê-lo a permanecer na legenda.

AE
Todos os dissidentes do PSDB vão migrar para partidos da base de apoio ao prefeito Gilberto Kassab
Com a notícia, sobe para seis o número de vereadores que confirmaram sua decisão de deixar o partido. Ontem, o grupo chegou a anunciar um total de sete dissidentes. Mas, com a promessa de que será o secretário municipal tucana, o vereador Adolfo Quintas assegurou à cúpula tucana que permanecerá no partido. Ele está fora do País e deve voltar nos próximos dias.

Santos fez o anúncio no plenário da Câmara Municipal da capital e afirmou pelo site Twitter que continuará "trabalhando pela nossa querida cidade de São Paulo". Embora ainda não haja confirmação, a expectativa é de que ele siga para o PSD, partido que acaba de ser criado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Além de Souza, podem seguir para o PSD os vereadores Dalton Silvano, José Police Neto e Ricardo Teixeira. Gilberto Natalini, que também integra o grupo dos dissidentes, estaria negociando com o PV, enquanto Juscelino Gadelha caminharia para o PPS. Todos os partidos compõem a base de apoio a Kassab na cidade. Ainda assim, o argumento apresentado pelos vereadores para o desligamento é o de que foram alvo de "perseguição" na disputa interna com o grupo ligado ao governador Geraldo Alckmin.

*Com informações da Agência Estado

    Leia tudo sobre: psdbvereadoresgilberto kassab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG