Veja o infográfico do Palácio do Planalto reformado

Após um ano e meio de reforma, Palácio modernista agora está preparado para o século 21

Severino Motta, iG Brasília | 20/08/2010 23:00

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

Na quarta-feira dia 25 de agosto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou para o Palácio do Planalto. A sede do poder Executivo, que estava em reforma desde março de 2009, está preparada para o século 21, mas manteve a cara do modernismo brasileiro dos anos 1960 e o conceito do projeto original criado por Oscar Niemeyer.

Inaugurado junto com Brasília, em 21 de abril de 1960, o Palácio foi se deteriorando ao longo dos anos. Cada presidente que por ali passou imprimiu sua marca. Salas foram criadas onde deveria haver salões. Ministros poderosos levavam cada vez mais funcionários para o coração do Poder, fazendo com que a estrutura palaciana, aos poucos, fosse se transformando numa repartição pública que chegou a ser chamada de “favela” por Lula.

Com a reforma, o conceito de Niemeyer volta para o Palácio. Quem visitar o local vai se deparar com salões amplos, com móveis assinados por artistas brasileiros e criados entre as décadas de 1950 e 1970, além de obras de arte de figuras como Di Cavalcante, Djanira, Burle Marx e Athos Bulcão.

Por fora o Palácio mantém as características já conhecidas e divulgadas nos cartões postais. Diferenças são percebidas, contudo, ao olhar para dentro do edifício. No térreo um amplo salão permite a visão através do Palácio. No quarto andar, antes tomado por pequenas salas feitas de divisórias com funcionários trabalhando, um grande espaço foi aberto, sendo possível se notar a imponência da construção.

Veja uma galeria com fotos do novo Palácio do Planalto

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo