Deputado é acusado de racismo e intolerância contra gays após dar entrevista para programa de TV

selo

As declarações do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) provocaram reação até de um braço da Organização das Nações Unidas (ONU). Em seu Twitter oficial, o escritório da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil pediu apuração das frases do parlamentar.

"Unesco no Brasil defende apuração de denúncia de homofobia e racismo por parte de parlamentar", diz post publicado na tarde de hoje e que foi parar na capa do site da ONU no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.