Tucanos pedem reabertura de inquérito sobre 'aloprados'

Pedidos foram feitos à Polícia Federal e à Procuradoria-Geral da República

AE |

selo

Deputados do PSDB protocolaram hoje pedidos de reabertura do inquérito sobre a suposta compra, por petistas, de um dossiê contra o tucano José Serra em 2006, episódio que ficou conhecido como o caso dos "aloprados". Os pedidos foram feitos à Polícia Federal (PF) e à Procuradoria-Geral da República (PGR).

A oposição quer mais investigações sobre o caso devido à reportagem da revista Veja ter apontado o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, como um dos mentores da compra do suposto dossiê. Segundo a entrevista de um dos envolvidos, Mercadante era um dos responsáveis por arrecadar o dinheiro para realizar a compra das informações.

Em 2006, a PF apreendeu R$ 1,7 milhão com militantes petistas. O dinheiro seria usado para a compra de informações que poderiam envolver Serra com "a máfia dos sanguessugas", esquema pelo qual se desviavam recursos destinados a compra de ambulâncias. O empresário Luiz Vedoin, apontado como mentor do esquema, negou, posteriormente, o envolvimento de Serra.

O inquérito da PF que apurou a suposta compra das informações foi arquivado por falta de provas. Mercadante nega envolvimento e destaca que a Procuradoria e o Supremo Tribunal Federal (STF) o inocentaram no episódio.

    Leia tudo sobre: PSDBMercadanteAloprados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG