Candidato a deputado federal, ex-governador do Rio de Janeiro foi o mais votado no Estado

O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), admitiu o recurso apresentado por Anthony Garotinho (PR-RJ) contra a decisão da Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro de negar o registro da candidatura dele à Câmara dos Deputados na última eleição. Garotinho foi o mais votado no Estado.

O candidato teve o registro negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) com base na Lei da Ficha Limpa. Ele foi condenado por abuso do poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação nas eleições municipais de 2008, quando a mulher dele, Rosinha Garotinho, foi eleita prefeita de Campos dos Goytacazes (RJ).

Apesar de ter o registro negado, os votos dados a Garotinho foram validados nas eleições deste ano por força de uma liminar concedida pelo próprio ministro Marcelo Ribeiro. O recurso de Anthony Garotinho não tem data para ser julgado pelo TSE.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.