Tribunais de Brasília suspendem sessões após carnaval

Cortes, no entanto, tiveram movimentações para realização de alguns despachos e depoimentos

AE |

selo

O Supremo Tribunal Federal (STF) e outros tribunais com sede em Brasília tiveram uma semana esvaziada depois do carnaval. Além do STF, outras cortes, como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), optaram por não realizar sessões de julgamentos nesta semana. De acordo com informações da assessoria de comunicação do STF, o tribunal decidiu fazer uma sessão a mais na manhã de quarta-feira passada para compensar a que deveria ter sido realizada ontem, mas que não ocorreu por deliberação da própria corte. O Supremo tem sessões plenárias todas as semanas, às quartas e quintas.

Segundo a assessoria de comunicação do STF, apesar de não terem ocorrido sessões, o Supremo não está parado nesta semana. Funcionários trabalharam normalmente e vários ministros despacharam ontem de seus gabinetes ou de suas casas. No TSE, a informação é a de que também ocorreu uma sessão extra na quarta passada, para compensar a que deveria ter sido realizada ontem.

Apesar de também não terem ocorrido sessões de julgamento no Superior Tribunal de Justiça (STJ), houve movimentação ontem na corte por conta de depoimentos relacionados a um inquérito que apura suspeita de participação de magistrados em desvios de recursos.

O ministro João Otávio de Noronha marcou para esta semana audiências sobre a Operação Maçonaria, que investigou magistrados do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) suspeitos de participação num esquema de desvio de recursos envolvendo uma loja maçônica. Entre ontem e hoje, devem ser ouvidas oito pessoas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: STFTSESTJexpediente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG