TRE usa arte como cidadania no Pará

Tribunal Eleitoral é o único no Brasil que tem centro cultural; artistas como Anita e Dacosta expõem até o dia 16

Menezes y Morais, iG Brasília |

O presidente do Tribunal Regional do Pará (TRE-PA), desembargador João Maroja, inaugurou o Centro Cultural da Justiça Eleitoral (CCJE), com uma coletiva de artistas plásticos que ficará aberta até o dia 16. "Estamos mostrando que a Justiça Eleitoral é cidadania antes de qualquer coisa. Queremos possibilitar ações educativas com crianças e jovens,” afirmou.

O desembargador destacou que a iniciativa é única no Brasil entre os Tribunais Regionais Eleitorais do país. O CCJE abre suas portas ao público a partir de hoje. Através do CCJE, o TRE contribuirá para “esclarecer os cidadãos por meio da arte, educação e cultura," disse o desembargador Majora.

Cores do Brasil

Entre as obras expostas, estão trabalhos de Di Cavalcanti, Anita Malfatti e Milton Dacosta. A mostra – "Reconhecer: obras que elevam as cores do Brasil”– é do acervo da Caixa Cultural. A inauguração ocorreu na noite de ontem (29), com a participação do prefeito de Belém, Duciomar Costa. O presidente do TRE Pará agradeceu os servidores e o incentivo das empresas públicas e privadas.

O presidente do TRE-PA disse que o CCJE se tornou possível graças às instituições e empresas Celpa, Eletrobrás, Banpará, Governo Federal, Fiepa, Unimed, Oi e Caixa Econômica Federal, além da Prefeitura Municipal de Belém e da Associação dos Magistrados do Pará.

História da cidadania

Integrantes Tribunal também prestigiaram a solenidade, entre eles André Bassalo, Vera Araújo e Rubens Leão. Dentre as demais autoridades, estiveram presentes Jarbas Vasconcelos, presidente da OAB - Pará; Cincinato Marques, secretário estadual de Cultura; o deputado federal Paulo Rocha e o senador Flexa Ribeiro.

Também estiveram presentes o arquiteto José Gammachi, autor do projeto arquitetônico do CCJE; Antônio Soeiro, museólogo; Alan Coelho, historiador e a servidora Rosiani Marcelino. O CCJE tem espaços para exposição de longa duração, painéis que contam a história da cidadania e a vida política do Brasil, espaço multimídia, biblioteca e Arena das Artes.

Acervo Caixa

A exposição do acervo da Caixa Cultural "Reconhecer – obras que elevam as cores do Brasil," é composta por12 telas de artistas brasileiros históricos, como "Independência," de Di Cavalcanti; "Valência," de Anita Malfatti; "Cidade Bandeira," do paraense Emanuel Nassar, além de "Economia e Prosperidade", de Aldo Debona e "Figura," de Milton Dacosta.

O Centro Cultural da Justiça Eleitoral do Pará fica aberto de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 15h. A exposição "Reconhecer" ficará aberta ao público de hoje a 16 de dezembro, entrada gratuita, na Rua João Diogo, 254, entre São Francisco e 16 de Novembro, Campina. Tel. (91) 32134566; e-mail eje@trepa.gov.br

    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG