TRE anuncia diplomação no Pará

Eleitos em 3 de outubro serão diplomados dia 17 de dezembro pelo Tribunal Regional Eleitoral

Menezes y Morais, iG Brasília, e Pollyanna Bastos, iG Pará |

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) informou que os candidatos vencedores para os cargos majoritários e proporcionais nas eleições 2010 serão diplomados no dia 17 de dezembro. O ato solene está programado para o Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia em Belém (PA).O TRE homologou o resultado final das eleições.

E proclamou oficialmente os eleitos para o Governo do Estado, Assembleia Legislativa, Câmara Federal e Senado Federal. O TRE informou ainda que “cumpriu os prazos necessários para conhecimento dos eleitos e para as possíveis impugnações, relativos aos relatórios tanto do primeiro quanto do segundo turno. Até o momento nenhum pedido de impugnação ou qualquer provocação referente ao resultado dos eleitos para o Senado Federal foi protocolada no TRE.”

A partir do dia 16 de novembro, o Tribunal volta ao horário normal de seu expediente, inclusive o serviço de protocolo: das 8h às 15h. Leia seguir a relação nominal dos eleitos no dia 3 de outubro no Pará, para os cargos de governador, senador, deputado federal e deputado estadual.

Eleitos

Governador: Simão Jatene (PSDB). Senadores: Flexa Ribeiro (PSDB) e Marinor Brito (PSol). Para o Senado, ficam de fora os eleitos Jader Barbalho (PMDB) e Paulo Rocha (PT), que tiveram registros de candidaturas enquandrados na Lei da Ficha Lilmpa. Jader foi julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), criando jurisprudência de impedimento à quem renunciou ao mandato para escapar de cassação.

Deputados Federais

Wlad (PMDB); Elcione (PMDB); Arnaldo Jordy (PPS); Priante (PMDB); Beto Faro (PT); Zenaldo Coutinho (PSDB); Zequinha Marinho (PSC); Lúcio Vale (PR) e Nilson Pinto (PSDB). Miriquinho Batista (PT); Puty (PT); Lira Maia (DEM); Zé Geraldo (PT); Josué Bengtson (PTB); Giovanni Queiroz (PDT); Asdrúbal (PMDB) e Wandenkolk (PSDB).

Deputados Estaduais

Edmilson Rodrigues (PSol); Márcio Miranda (DEM); Pioneiro (PSDB); Simone Morgado (PMDB); Chico da Pesca (PT); Sidney Rosa (PSDB); Bordalo (PT); Alexandre Von (PSDB); Cilene Couto (PSDB); Martinho Carmona (PMDB); Junior Ferrari (PTB); Junior Hage (PR); Tião Miranda (PTB); Megale (PSDB); Chicão (PMDB); Valdir Ganzer (PT); Ana Cunha (PSDB); Bernadete (PT) e Airton Faleiro (PT) e Eduardo Costa (PTB).

Luzineide (PR); Edilson Moura (PT); Nilma Lima (PMDB); Parsifal (PMDB); Fernando Coimbra (PDT); Antonio Rocha (PMDB); Josefina (PMDB); Eliel Faustino (PR); Macarrão (PMDB); Pio X (PDT); Cássio Andrade (PSB); Belo (PSB); Gabriel Guerreiro (PV); Alessandro Novelino (PMN); Raimundo Santos (PR); Zé Maria (PT); Milton Zimmer (PT); Alfredo Costa (PT); João Salame (PPS); Pastor Divino (PRB) e Hilton Aguiar (PSC);


    Leia tudo sobre: política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG