Todos mentem, diz secretário do PDT em defesa de Lupi

Manoel Dias ao iG: “Se for por causa de mentira, não fica ninguém. O que estamos vendo todos os dias são as pessoas mentirem"

Adriano Ceolin e Severino Motta, iG Brasília |

O secretário-geral do PDT, o deputado federal Manoel Dias (SC), disse ao iG que o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, não deve sair do cargo, apesar de ter entrado em contradição sobre o uso de um avião em viagem a municípios do Maranhão. A aeronave teria sido providenciada por Organização Não-Governamental (ONG) suspeita de irregularidade no Ministério do Trabalho.

“Agora, se for por causa de mentira, não fica ninguém. O que todos estamos vendo todos os dias são as pessoas mentirem. É uma hipocrisia. Logo quem está falando isso. O ministro está seguro da sua posição. Ele sabe que está fazendo e tem nossa solidariedade”, afirmou Dias, que é principal defensor de Lupi dentro do partido. "Ele está animado".

Desde o dia 26 de outubro, o iG tem publicado uma série de reportagens sobre irregularidades em convênios com ONGs no Ministério do Trabalho . No fim de semana, a revista Veja mostrou que Lupi viajou em avião supostamente alugado pela ONG Pró-Cerrado . O presidente da entidade, Adair Meira, também participou da viagem.

Na semana passada, em depoimento na Câmara, o ministro havia dito que não havia usado avião particular. Lupi também afirmou que não conhecia Meira. O presidente da Pró-Cerrado desmentiu o ministro e disse que os dois se conhecem. No mesmo dia, o site Grajaú de Fato publicou imagens de Lupi saindo do avião citado pela reportagem da revista.

Leia os trechos da entrevista com o secretário-geral do PDT:

iG: O PDT ainda mantém apoio ao ministro do Trabalho, Carlos Lupi. 

Manoel Dias: Na reunião da bancada e da Executiva na semana passada, o partido prestou total solidariedade ao Lupi. Essa posição continua. Não há fato que determine mudança. Até agora não tem provas. Existem alegações. O que tem é muito "ouvir dizer".

iG: O senhor falou com o ministro hoje?
Dias:
Sim, falei. Ele teve uma reunião com a presidenta. Foi um encontro muito bom. Não se discutiu a entrada ou saída dele.

iG: A intenção dele é qual?
Dias:
Ele está animado, bastante seguro

iG: Ele disse para o senhor que vai ficar?
Dias
: Lupi vai continuar se defendendo. Nós queremos apurar tudo. O maior interessado em apurar é o PDT. O partido não pode ficar sujeito a interpretações.

iG: O deputado Brizola Neto afirmou que o desmentido contra Lupi é "extremamente grave ".
Dias:
Mentiu o quê? Não mentem todo o dia aí? Tanto governador, executivo...não mentem todo dia? E ele (Lupi) vai ser cassado porque mentiu? Mentiu o quê? Ele disse que foi lá e pegou um avião que era da campanha do companheiro (o ex-governador do Maranhão) Jackson (Lago) . É isso. Agora. Se for por causa de mentira, não fica ninguém. O que todos estamos vendo todos os dias são as pessoas mentirem. É uma hipocrisia. O ministro está seguro da sua posição. Ele sabe que está fazendo e tem nossa solidariedade.

    Leia tudo sobre: Crise no TrabalhoCarlos Lupi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG