Termômetro da Política: Chuvas prejudicam imagem de Dilma

Ferramenta do iG aponta alta de menções negativas à presidenta após visita feita ontem ao Rio, sua primeira aparição desde a posse

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

A maior catástrofe natural da história do País, que levou a presidenta Dilma Rousseff a interromper um período de quase duas semanas de reclusão em Brasília, causou impacto na imagem da petista entre os usuários do microblog Twitter. Dilma, que até então ostentava uma popularidade semelhante à do antecessor Luiz Inácio Lula da Silva na rede, passou a receber, pela primeira vez desde a posse, mais comentários negativos do que positivos na rede social, de acordo com o Termômetro da Política do iG .

Roberto Stuckert Filho
Ontem, ao visitar o Rio, Dilma foi tema pela primeira vez de mais comentários negativos que positivos
O programa mede, a cada hora, o que está sendo falado sobre os políticos pela rede. Na quinta-feira, dia em que sobrevoou a região serrana do Rio e anunciou a liberação de verbas federais para a reconstrução das áreas atingidas, Dilma foi tema de 9,3 mil tweets, dos quais 62,3% eram negativos. Lula, que deixou a Presidência com índices recordes de aprovação, passou a ser alvo de 52,5% de citações negativas.

Na primeira semana após deixar o cargo, o índice de comentários positivos recebidos por Lula na rede social era de 55,1%, enquanto Dilma fechava a primeira semana na Presidência com 53,4% de citações positivas.

Desde a posse, quando recebeu mais de 101 mil citações no Twitter, Dilma vinha sendo esquecida pelos internautas. Antes de sua aparição, a primeira desde que se tornou presidenta, Dilma havia sido tema de apenas 20 comentários – mesmo número de citações recebidas pelo antecessor.

Em férias no Guarujá (SP) até ontem, Lula vivia uma situação pouco comum desde que deixou o poder: recebia poucas menções dos internautas, mesmo tendo sido tema de polêmicas como o convite para desfrutar as férias em um forte do Exército e as notícias de que seus familiares foram contemplados com  passaportes diplomáticos pelo Itamaraty.

O termômetro aponta também que, à medida que a afilhada do ex-presidente ganhou os holofotes, o nome de Lula voltou a ser comentado no Twitter. Na quinta-feira, enquanto a sucessora sobrevoava a região Serrana do Rio, Lula teve um boom de comentários: 3,2 mil. Em um dos tweets, um usuário se perguntava: “Cadê o dinheiro pra ajudar as vitimas dos nossos desastres? R: No Haiti e no Peru. E quem vai nos ajudar com milhões? Lula ou Dilma?”.

    Leia tudo sobre: luladilmatermometro da política

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG