Temporão concorda com controle fiscal mas pede mais recursos

Ministro comentou proposta de austeridade e fiscal e disse ser possível `fazer mais e melhor com os recursos disponíveis¿

Danilo Fariello, iG Brasília |

O ministro da Saúde José GomesTemporão comentou hoje após reunião com os ministros Guido Mantega (Fazenda) e Paulo Bernardo (Planejamento) a proposta de maior austeridade fiscal prevista no governo de Dilma Rousseff. Segundo ele, é sempre possível fazer mais e melhor com os recursos disponíveis.

Temporão comentou, porém, que mesmo com uma melhor gestão do orçamento para a Saúde ainda é necessário discutir a questão do sub-financiamento crônico da saúde. “A equação da Saúde é mais complexa”, pontuou.

Temporão preferiu não discutir a possibilidade de retomada da criação da CPMF cuja receita seria destinada para a Saúde. “Temos que gastar melhor e cobrar mais recursos sempre”. Ele deixou claro, porém, que a missão de levantar os investimentos é responsabilidade dos ministérios do Planejamento e da Fazenda.

Temporão esteve hoje no Ministério da Fazenda para buscar a liberação de cerca de R$ 1 bi de recursos para ainda o orçamento de 2010. Segundo ele, faltam recursos para medicamentos de auto custo e atendimento de auto e média complexidade.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG