Temer avaliza ida de tucano Renato Amary para o PMDB

Amary foi durante 19 anos uma das principais lideranças do PSDB na região de Sorocaba, no interior paulista

Agência Estado |

selo

O vice-presidente da República, Michel Temer , viajou a Sorocaba na noite de sábado para dar aval à filiação do ex-deputado federal tucano Renato Amary ao PMDB. A filiação será formalizada hoje, durante evento político, em Sorocaba, mas Temer antecipou a viagem porque assumirá pela segunda vez a Presidência da República por conta da viagem da presidenta Dilma Rousseff a Portugal.

Amary foi durante 19 anos uma das principais lideranças do PSDB na região. Prefeito de Sorocaba por duas vezes, ele perdeu espaço no partido depois de se indispor com o atual prefeito, Vitor Lippi (PSDB), que o sucedeu na prefeitura.

Depois do racha, Amary não conseguiu os votos necessários para se reeleger à Câmara dos Deputados. Ele vai coordenar o PMDB em vinte cidades da região e também é cotado para concorrer à prefeitura em 2012 pelo partido.

Segundo Temer, o PMDB conquistou "uma importante liderança política do Estado" ao conseguir a filiação de Amary. O vice-presidente acredita que o novo aliado vai atrair outros tucanos para o PMDB. De olho nas eleições municipais do próximo ano, o partido convidou 500 correligionários e quer transformar a festa de filiação em um grande ato político, hoje, em Sorocaba.

    Leia tudo sobre: Michel TemerDilma RousseffPortugalPMDB

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG